Top Menu

Rio pós-olimpíadas

O Rio pós-olimpíadas será melhor? Essa é uma pergunta que muitos têm se feito, mas que muitoas também não têm a resposta, ainda! O que sabemos é que o melhor resultado dos Jogos Olímpicos, além das medalhas, serão os benefícios que ficarão para a nossa cidade. E o Rio-2016 tem a meta de dar um show nesse quesito!

Rio pós-olimpíadas

O legado

Esperamos que rês das maiores estrelas de 2016 vão continuem brilhando para os cariocas: 1) o Parque Olímpico abrigará instalações temporárias como, por exemplo, a Arena do Futuro, que será desmontada e transformada em quatro escolas municipais.

2) Do Complexo Esportivo de Deodoro sairá a segunda maior área de lazer da cidade, chamada de Parque Radical. O local já conta um lago artificial com tobogãs e uma pista de ciclismo BMX, que depois dos Jogos serão entregues à população.

3) A Vila Olímpica já tem vários apartamentos vendidos ao público e o seu entorno está sendo amplamente beneficiado pelas inúmeras melhorias e obras de infra-estrutura das vias públicas das redondezas.

Mobilidade

Mobilidade urbana e qualidade de vida andam juntas, por isso o novo conceito de transporte integrado da cidade, que já atende milhares de passageiros diariamente, ainda vai melhorar bastante! Os cariocas ficarão menos tempo no trânsito e terão mais disponibilidade para estudos, atividades culturais e lazer. Esse será o grande legado para o Rio pós-olimpíadas!

Os BRTs já são uma realidade no Rio de Janeiro, beneficiando inúmeros passageiros! Da Barra da Tijuca a Santa Cruz e Campo Grande, a Transoeste foi o primeiro corredor para BRTs, inaugurado na cidade em 2012. São mais de 230 mil passageiros beneficiados, que viajam pelos 52 km da via a bordo de ônibus articulados equipados com ar-condicionado, que trafegam em vias exclusivas. Até 2016 o último trecho da Transoeste, que liga o Terminal Alvorada à Linha 4 do Metrô, será inaugurado, garantindo uma ligação rápida e eficiente entre a Zona Sul e a Zona Oeste da cidade.

Rio pós-olimpíadas
Estação do BRT

O BRT  Transcarioca, que liga a Barra da Tijuca, na Zona Oeste, à Ilha do Governador, na Zona Norte, foi inaugurado em 2014. Ao longo de 39 km de extensão, esse corredor expresso passa por 27 bairros e corta transversalmente a cidade, atendendo a aproximadamente 320 mil passageiros por dia! É o Rio pós-olimpíadas melhorando a vida de milhares de cidadãos!

Rio pós-olimpíadas
Rotas dos BRTs

A Transolímpica e os VLTs

Com a chegada da Transolímpica, que ligará o Recreio dos Bandeirantes a Deodoro, da Transbrasil que ligará Deodoro, na Zona Oeste, ao Centro do Rio e do VLT (Veículo Leve Sobre Trilhos), um grande anel viário será criado, fazendo a integração com trens, metrô, barcas , ônibus, com o Aeroporto Santos Dumont e com o Teleférico da Providência!

Os VLTs ligarão o Centro à Região Portuária e farão conexão com trens, barcas, metrô, ônibus e também com Aeroporto Santos Dumont e o Teleférico da Providência. Com 28 quilômetros de extensão e capacidade para transportar 300 mil passageiros, funcionarão 24h por dia e terão alimentação subterrânea, contribuindo para a preservação do Meio Ambiente, pois não poluirão o belo cenário da região!

Rio pós-olimpíadas
VLT no Centro da Cidade

A Linha 4

A Linha 4 do Metrô do Rio (Barra da Tijuca—Ipanema) vai transportar, a partir de 2016, mais de 300 mil pessoas por dia, retirando das ruas cerca de 2 mil veículos por hora/pico. Com a nova linha o passageiro poderá utilizar todo o sistema metroviário da cidade, com uma única tarifa. Serão seis estações (Jardim Oceânico, São Conrado, Gávea, Antero de Quental, Jardim de Alah e Praça Nossa Senhora da Paz) e aproximadamente 16 quilômetros de extensão.

A Linha entrará em operação no primeiro semestre de 2016, após passar por uma fase de testes. Será possível ir da Barra a Ipanema em 15 minutos e da Barra ao Centro em 34 minutos. O projeto é um dos compromissos do Governo do Estado do Rio de Janeiro com o Comitê Olímpico Internacional (COI), por ocasião dos Jogos Olímpicos. Mais informações no site Metrô Linha 4.

O Elevado do Joá

O acesso à Barra da Tijuca, onde ficará a grande maioria das instalações olímpicas, também está num ritmo frenético de obras! Finalmente o Elevado do Joá  ganhará uma nova pista, com duas novas faixas e dois novos túneis, diminuindo consideravelmente o gargalo que há anos faz a população sofrer e pensar duas vezes antes de ir pra lá! E de “bônus”, a cidade ainda ganhará uma ciclovia panorâmica, que seguirá por este belíssimo percurso à beira-mar! E com direito a mirante, veja o projeto abaixo

Rio pós-olimpíadas
A nova ciclovia à beir-mar
Rio pós-olimpíadas
A nova pista
Rio pós-olimpíadas
Mirante do Elevado do Joá

Contagem regressiva!

Falta pouco para tudo isso fazer parte da rotina dos cariocas! Porque o tempo não para e não volta atrás! Mas podemos voltar a ter orgulho de sermos CARIOCAS! E vamos acreditar que o Rio pós-olimpíadas será bem melhor para a população!

Carioca
Orgulho de ser Carioca!

“Há seis anos a história do Rio começou a mudar. A menos de um ano dos Jogos, a Cidade Olímpica evolui e segue em frente cada vez mais preparada. O destino é o Rio de Janeiro que a gente quer viver. Porque assim como não existe meia volta olímpica, não existe Cidade Olímpica que não seja para todos”.

Deixe um Comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Translate »
Close