Top Menu

A chegada na Costa da Dalmácia!

E pensar que, no início, Zadar seria apenas uma parada “técnica” na viagem entre Plitvice e Split… aí mudei totalmente de ideia quando comecei a pesquisar sobre a cidade na internet e me apaixonei por tudo o que vi! E então, aquele lugar que seria “apenas” para dormir virou mais uma grata surpresa na Croácia!

A surpreendente Zadar!
A surpreendente Zadar!

Saimos de Plitvice e rodamos 135 km na direção sul até chegarmos em Zadar, que é considerada a porta de entrada da Dalmácia. A cidade é bem charmosa e tem uma boa infra-estrutura, pois conta com um aeroporto e um porto para grandes embarcações. Para entrar na parte antiga e murada passa-se pelo imponente Portão da Terra (Kopnena vrata), seu principal acesso.

Portão da Terra: accesso a parte antiga de Zadar
Portão da Terra: accesso à parte antiga de Zadar

Em estilo Renascentista, o portão foi inaugurado em 1543, quando os venezianos ocupavam toda a Dalmácia. Ele possui esse nome devido à ligação que faz entre o continente e a península de Zadar. Esta cidade medieval é um encanto, com interessantes sítios arqueológicos, ruazinhas repletas de lojas, cafés, bons restaurantes e outras novidades “modernosas”!

O Centro Histórico de Zadar é quase todo murado
O Centro Histórico de Zadar é quase todo murado

As revitalizações em Zadar

Depois de ter sido bem destruída na Segunda Guerra, Zadar foi totalmente reerguida e recentemente passou por várias revitalizações. O objetivo principal era incrementar o turismo, para tornar a cidade mais um bom destino na Croácia. Além da parte antiga, atrações totalmente hi-tech também têm atraído cada vez mais turistas, que saem encantados com o lugar!

Uma parte da cidade antiga vista do alto da torre da Igreja de Santa Anastácia
Uma parte da cidade antiga vista do alto da torre da Igreja de Santa Anastácia
As típicas ruazinhas medievais de Zadar com banquinhas de artesanato em cada esquina
As típicas ruazinhas medievais de Zadar com banquinhas de artesanato em cada esquina

As obras de revitalização da orla, chamada Riva, e a adaptação do píer para receber ferryboats e navios de grande calado, foram estratégias fundamentais para atrair mais visitantes. O novo píer permite que cada vez mais passageiros desembarquem a poucos passos dos principais pontos turísticos, tanto da parte antiga da cidade, quanto da parte nova!

A Riva de Zadar
A Riva de Zadar
Vista aérea da Riva, a nova orla de Zadar
Vista aérea da Riva, a nova orla de Zadar

Hoje, a cidade conta com duas novas e imperdíveis atrações à beira-mar, no final da Riva e a poucos passos do píer. Ambas foram concebidas pelo arquiteto croata Nikola Bašićo e têm atraído cada vez mais turistas de várias partes do mundo, que chegam de carro, ônibus ou barco.

greetings-to-the-sun-zadar-croacia
O arquiteto croata Nikola Bašićo e sua obra Saudação ao Sol
Nikola Bašićo e o seu Órgão Marítimo
Nikola Bašićo e o seu Órgão Marítimo
Vista aérea da península de Zadar com o novo píer e as instalações de Nikola Bašićo
Vista aérea da península de Zadar com o novo píer e as instalações de Nikola Bašićo

Zadar é hi-tech!

Começamos a nosso passeio pela Saudação ao Sol (Pozdrav Suncu), a incrível instalação que ficou pronta em 2008 e está localizada bem na ponta da península. A obra é composta por 300 placas de vidro em multicamadas, dispostas num círculo de 22 metros de diâmetro. Durante o dia, os painéis com células fotovoltaicas que estão sob o vidro absorvem a energia solar, convertendo-a em eletricidade.

Saudação ao Sol em Zadar
O sol preparando o show da noite!
Zadar: a grande placa de captação solar
A grande placa de captação solar
A ótima localização da Saudação ao Sol, pertinho do porto de Zadar
A ótima localização da Saudação ao Sol, pertinho do porto de Zadar

Ao cair do sol, um maravilhoso show de luzes toma conta do lugar! A energia gerada durante o dia é usada para alimentar não somente o show de luzes, mas também uma parte da orla da cidade, por um terço do custo. Calcula-se que a exibição gere cerca de 46.500 kWh de energia elétrica por ano! Além da economia, esse atrativo é diversão garantida, para crianças e adultos também!

Zadar: Greeting to the Sun / Saudação ao Sol
Greeting to the Sun / Saudação ao Sol
Zadar: a mágica em forma de luz e cor
A mágica em forma de luz e cor

Depois nos divertimos com o Órgão Marítimo (Morske orgulje), que foi aberto ao público em 2005, redesenhando a nova orla da cidade. No calçadão à beira-mar, seguindo o princípio dos órgãos das igrejas, foram instalados 35 tubos de diferentes comprimentos, diâmetros e inclinações (foto 1), que ficam por dentro da bela escadaria branca da Riva (foto 2).

Zadar: Órgão Marítimo
Foto 1
Zadar: Órgão Marítimo
Foto 2

Quando uma onda bate nesse paredão, o ar passa pelos tubos e sai ressoando para o exterior em forma de diferentes notas musicais! O ar sai através dos orifícios dos degraus (foto 3) e também pelos furos abertos na calçada (foto 4). Todo final de tarde o público lota o lugar, com câmeras, celulares e taças de vinho nas mãos, para assistir ao pôr do sol ouvindo essa bela e incessante sinfonia da natureza!

Zadar: Órgão Marítimo
Foto 3
Zadar: Órgão Marítimo
Foto 4

Andando pela cidade

Seguimos o nosso tour pela agradável orla, naquela bela tarde de verão, até alcançarmos a Praça Petra (Trg Petra Zoranića), que fica na outra ponta da península. Lá, um interessante chão de vidro foi instalado no meio da praça, com o intuito de criar uma “vitrine”, para se observar as ruínas medievais e romanas que foram descobertas por acaso no local, a 1,60 m de profundidade!

Zadar: Praça Petra renovada
Praça Petra renovada

Durante as obras de renovação estética e estrutural da Praça Petra, restos da entrada da cidade, datando do Império Romano, e um portão medieval foram achados nas escavações. Ao invés de colocarem essas relíquias num museu, ou criarem um museu a céu aberto, como na Praça do Fórum, os arquitetos deixaram as peças expostas de uma maneira sutil e quase imperceptível.

Zadar: antes e depois
Obras para melhorias na Praça Petra

Então, uma interface de vidro foi criada para expor permanentemente os achados romanos e medievais que estavam embaixo, e que agora podem ser observados da praça renovada e contemporânea, por cima. O resultado ficou bem interessante e criativo!

Zadar: passado e presente juntos, por acaso!
Passado e presente juntos, por acaso!

Logo atrás da Praça Petra fica a Praça dos Cinco Poços (Trg 5 bunara), do século XVI. Esses poços foram construídos para fornecer água potável para os moradores, numa época em que os turcos ameaçavam invadir a cidade. Lá está também a Torre do Capitão, que foi erguida como outra medida de protecção contra os invasores, pois além da altura, a torre também tem localização estratégica e vista panorâmica.

Zadar: Torre do Capitão na Praça dos Cinco Poços
Torre do Capitão na Praça dos Cinco Poços

Voltando em direção à Saudação ao Sol, passamos pela Praça do Povo (Narodni trg), um amplo e agradável espaço onde ficavam o tribunal, as câmaras de conselho e uma biblioteca. Hoje em dia estão lá a prefeitura, alguns cafés, restaurantes e a torre do relógio.

Zadar: Praça do Povo com a Torre do Relógio
Praça do Povo com a Torre do Relógio

Continuamos o nosso passeio seguindo pela movimentada Ulica Široka (ulica=rua), onde há várias lojas, restaurantes, cafés, sorveterias e banquinhas de artesanato em cada esquina, com coisas bem interessantes e originais, para levar de lembraça!

646
Artesanato de Zadar

O sítio arqueológico e a parte antiga da cidade

Chegamos ao pequeno sítio arqueológico da Praça do Fórum para ver as relíquias da época do Império Romano, que vieram à tona por acaso, durante os bombardeios da II Guera Mundial! As peças ficam expostas ao ar livre, então os turistas podem ficar bem perto delas, e mais uma vez fiquei imaginando como devia ser a cidade e a vida naquela época…

alt 7
Praça do Fórum vista do alto da Torre do Sino

Na Praça do Fórum ficam também a Igreja de São Donato, do século IX; a Torre do Sino; o Pilar da Vergonha, que é a coluna solitária onde os criminosos eram acorrentados para execração pública; e a Igreja e Convento da Virgem Maria, originalmente de 1066, mas remodelada no século XVI.

IMG_6079-1024x654
Sítio arqueológico da época do Império Romano
IMG_6014-1024x683
Pilar da Vergonha

Ao lado da Igreja de São Donato, atrás da Torre do Sino, fica a Catedral de Santa Anastácia, também conhecida como Catedral de Zadar, a maior da Dalmácia. Originalmente construída pelos bizantinos, no século IX, foi reconstruída entre os séculos XII e XIII, em estilo românico.

Zadar-2
Catedral de Zadar

Outras alterações e adições foram realizadas desde então, inclusive a construção da Torre do Sino, no séc. XV. Os níveis superiores da torre foram concluídos no final do séc. XIX, então hoje em dia é possível subir até o seu topo, onde há um mirante com uma bela vista panorâmica da cidade e do mar.

IMG_6115-1024x683
A Torre do Sino vista do mar

O show de cores e sons!

No final do nosso passeio, quando finalmente voltamos ao píer, o show de luzes já estava começando, primeiro com o céu pegando fogo, depois com a Saudação ao Sol colorindo e alegrando a noite! Os turistas (eu incluída) ficam malucos, os adultos voltam a ser crianças e as crianças entram em êxtase! É um belo espetáculo do homem em comunhão com a natureza! Por isso, recomendo ir a Zadar entre junho e agosto, quando o astro-rei é figurinha fácil por lá!

x2
Cores no céu e na terra!
10208632065_311d7b9a57_b
O show de luzes!
20140824_225836
Zadar é Imperdível

A gastronomia croata!

Depois de tantas emoções resolvemos jantar, só que na Europa, principalmente na alta estação, é vital fazer uma reserva nos restaurantes, que é sempre bem-vinda e respeitada! Nós esquecemos de fazer isso e, como a cidade estava lotada, acabamos “zanzando” atrás de um lugar com uma mesa disponível!

tinel11
Área externa do Restaurante Tinel

Aí, felizmente nos lembramos do Restaurante Tinel, que fica na agradável “muvuca” da cidade. E que grata surpresa, pois comemos uma deliciosa lula grelhada e um espaguete ao vôngole divino, numa mesa ao ar livre, vendo os turistas passando pra lá e pra cá, o que é sempre bem divertido!

719
Restaurante e Pizzaria Tinel
toplo-predjelo1
Meu espaguete ao vôngole

Como já disse anteriormente, a comida na Croácia é muito boa, pois teve forte influência da Itália, pela proximidade e pelo domínio veneziano, na época do Império Romano. Então, as massas e os frutos do mar são excelentes, assim como os vinhos e a cerveja, outras gratas surpresas etílicas!

zadar-croatia-city-map
Centro Histórico de Zadar

Apartamento x hotel

Mais uma vez não ficamos num hotel, mas sim no Tinel Apartments, que tem uma ótima localização no centro histórico, em frente à Praça do Fórum. Para chegar corretamente no apartamento, passe por fora do Portão da Terra, siga pelo litoral e, quando estiver perto da Praça do Fórum, desligue o GPS, pois ele fica “recalculando” o tempo todo e não consegue reconhecer o endereço!

718
Prédio do Tinel Apartments

Como chegar no apartamento

Estacione o carro perto da praça, deixe as bagagens na mala e pergunte onde fica o Restaurante Tinel, ou tente achar o seu endreço, que fica na Ulica don Ive Prodana 2, lugar onde se pega a chave! O apartamento é na praça e o restaurante fica no meio do agito da cidade, mas não desanime, um é bem perto do outro.

zzz
Prédio do Tinel Apartments visto do alto da Torre do Sino

As instalações e a boa localização

Vale a pena esse pequeno contratempo para pegar a chave, pois as instalações do Tinel são novas e confortáveis. Ficamos num quarto amplo, silencioso, bem decorado e tanto o wi-fi, quanto o café da manhã já estavam incluídos na diária. Nos arredores do prédio há vagas pagas para o carro (não deixe de pagar, senão a multa é alta e um dia vai chegar na sua casa, mesmo que demore!).

29097858-1.jpg.1920x810_default
Nosso quarto (foto do site)
28934238.jpg.1920x810_default
Nossa vista (foto do site)

A vista do quarto é linda e faz qualquer um esquecer a pequeno “périplo” para pegar a chave! Do quarto se vê toda a Praça do Fórum, as igrejas, o sítio arqueológico e um bom pedaço do mar. Anita, a moça que nos entregou a chave, é bem simpática e nos deu algumas dicas sobre a cidade.

rsz_628
Praça do Fórum com a Igreja de São Donato à esquerda e a de Santa Maria à direita

Zadar vista do alto!

Na manhã seguinte, como o dia estava maravilhoso, depois do café da manhã fomos até o topo da torre da Catedral de Santa Anastácia, que tem um visual incrível da parte antiga e da parte nova da cidade, das ruínas do centro histórico e do mar! A torre tem 56 metros de altura, pertence à igreja, mas foi construída separadamente.

z
Igreja de São Donato com as ruínas romanas e a Torre do Sino

Vale a pena subir até o topo para ter uma bela visão panorâmica. São 180 degraus espaçosos e a entrada custa 15 kunas (aproximadamente 2 US$). Ficamos um bom tempo contemplando aquela paisagem tão bonita do mar, por várias vezes cortada pelos enormes ferryboats da Jadrolinija, a maior empresa de navegação e turismo da Croácia.

alt 2
Vista do mirante da torre
alt 1
Vista de Zadar do lado do continente

Nos despedimos dessa simpática cidade com um delicioso sorvete de pistache e continuamos descendo para o sul, por mais 158 km. Nossa próxima parada seria mais a simpática Split, cidade com uma bela atração tombada pela UNESCO!

x1
Delícia!
635
Tchau Zadar, sua linda!

Split, lá vamos nós!

About The Author

Deixe um Comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Translate »
Close